in

Ácido Glicólico: Saiba para que serve, suas indicações e contraindicações

Ácido Glicólico: Saiba para que serve, suas indicações e contraindicações
Ácido Glicólico: Saiba para que serve, suas indicações e contraindicações

Você sabia que ácido glicólico é orgânico da mesma família dos ácidos láticos que é conhecido por facilitar a penetração de substâncias na pele e auxiliar na formação de colágeno? Pois então, ácido glicólico é considerado como um esfoliante mais agressivo, indicado para pele mais claras e resistentes.

O efeito desse ácido animador diminui toda a espessura da pele, que tem o efeito esfoliativo, proporcionado um clareamento e estimulando colágeno na derme, que age na reversão e prevenção do envelhecimento cutâneo, além de fechar os poros da acne. O ácido pode ser aplicado tanto no corpo quanto no rosto, de acordo com a orientação de um dermatologista.

Outra super vantagem do ácido glicólico é aumento de absorção de outros ativos associados em sua composição, no caso dos cosméticos. Na rosácea, promove uma vaso compressão e melhora a vermelhidão da derme.

Como dito anteriormente, o ácido pode ser usado em qualquer parte do corpo, mas, é preciso ter atenção com as concentrações a serem usadas, isto, é, em áreas mais sensíveis deve-se optar por uma concentração menor. No pescoço e colo, por exemplo, use sempre uma concentração de 2% a 3%, para não agredir a derme dessas regiões.

Como é feito o uso do ácido glicólico?

Pode ser entrado nos dermocosméticos em concentrações de 2% a 10%, é preparado em fórmulas manipuladas nas mais diversas concentrações. Se for usado em peelings, o produto possui um pH mais alto, já que ele deve ser usado apenas por profissionais.

Atenção: para a segurança do uso do ácido todos dias, é recomendado que os cosméticos tenham pH mínimo de 3,5% nas concentrações e máximo de 10%. O uso dos cremes manipulados devem ter orientações médicas.

O ácido glicólico pode ser usado no verão e na parte da manhã, pois não é fotossensibilizante. Se for usar em casa, deixe agir na pele no mínimo duas horas e máxima de três horas.

Como é utilizado o ácido nos Peelings?

Ele é usado em consultórios para peelings químicos que são considerados superficiais. Nesse caso, a sua concentração será mais elevada, assim como seu pH pode ser menor. Ao fazer o peeling, deve agir na pele durante 15 minutos e deve ser retirado no próprio consultório. Cada sessão do peeling, por exemplo, pode durar de 45 minutos e o números necessárias para o peeling depende do foco no tratamento. Normalmente, as manutenções é feita depois do uso do creme em sua residência.

Quais cuidados devemos ter antes de usar?

A primeira regra é que o ácido não pode usado de forma alguma sem prescrição médica, pois é o especialista que saberá qual a concentração mais adequada para sua pele/corpo do produto.

Ao fazer o peeling com ácido é necessário que a pele esteja totalmente limpa e desengordurada. O mesmo vale para a aplicação do creme, que deve ser utilizado depois que o rosto esteja limpo. Além disso, o paciente não poderá de forma alguma depilar a pele dois dias antes e não deve ter feito nenhum procedimento estético.

Veja alguns sinais que seu namorado pode ser gay

Veja alguns sinais que seu namorado pode ser gay

Ácido hialurônico para preenchimento facial

Ácido hialurônico para preenchimento facial