in

Saiba o que é Cardiopatia Canina

Saiba o que é Cardiopatia Canina
Saiba o que é Cardiopatia Canina

Os problemas cardíacos são muito comuns nos pets. Pode ser desenvolvidos ao longo da idade, obesidade ou até mesmo congênitos. Através desse artigos, iremos fazer um resumo do que é a Cardiopatia Canina. Acompanhe!

A cardiopatia é uma palavra que qualifica a doença no coração. Algumas cardiopatias são mais graves outras nem tanto. Algumas acometem em animais de grande porte, outras são mais comuns em cachorros ou gatos de pequenos porte. E ah, saiba que nem toda doença do coração é igual.

A Degeneração da Valva Mitral é conhecida como cardiopatia que é muito comum em raças pequenas e em cachorros idosos. A Degeneração da Valva é responsável por deixar que o sangue dos pets passe do átrio para o ventrículo. Ao bombear o sangue para o coração, a válvula se fecha, impedindo que o sangue retorne para o átrio. Porém, quando ocorre a degeneração ela não se fecha por completo, fazendo que um pouco de sangue volte para o átrio. Por isso, há menos sangue bombeado para o corpo e como forma de recompensar, o coração batalha duramente mais vezes e de forma mais intensa, o que pode causar uma insuficiência cardíaca.

Quais são os sintomas da Cardiopatia Canina?

É importante ressaltar que alguns sintomas podem demorar a aparecer em alguns casos, pois só se manifestam quando a doença já está em um quadro avançado. A cardiopatia apresenta em alguns casos crises que aparentemente para ser faltar de ar, especialmente de noite.

Quando seu cachorro apresentar alguns sintomas como tosse, cansaço rápido, falta de apetite e desmaios, é importante levar imediatamente o seu bichinho ao médico veterinário para que ele possa fazer uma análise mais precisa e realizar exames.

O diagnóstico da doença é feito pelo Eletrocardiograma que traz informações importantes sobre o grau da degradação e suas consequências para o coração.

Qual o tipo de tratamento?

Infelizmente, não há cura para a degeneração da valva, mas não se assuste. Existem alguns medicamentos que controlam todos os sintomas, melhoram o funcionamento do coração e permite que o seu pet tenha uma vida normal.

Existe prevenção para cardiopatia?

Muita gente questiona sobre esse tema. Porém, a resposta é não. Doenças que atingem o coração por questões genéticas ou devido à idade, não há nada que os tutores possam fazer para impedi-las. Por isso que é tão importante levar o seu pet para realizar exames frequentes para que você possa descobrir o quanto antes doenças logo do início.

Se você tem um pet cardiopata o melhor a fazer é não se desesperar. Muitas vezes quando descobrimos a doença logo do início, ela não irá progredir. Já o cão que possui a doença em estado avançado, as recomendações são muito básicas para a maioria das condições: não deixe seu pet fazer exercícios intensos.

O tutor deve ficar sempre atento a respiração do seu pet, principalmente enquanto ele dorme. Caso note que ele está com tosse, engasgando ou com dificuldade para respirar, corra para o seu médico veterinário.

Porque os cães uivam tanto?

Porque os cães uivam tanto?

Alimentação natural: saiba tudo sobre esse benefício para a vida dos cães

Alimentação natural: saiba tudo sobre esse benefício para a vida dos cães